sexta-feira, 11 de setembro de 2009

As tempestades



Quem nunca ouviu o ditado popular: "Quem semeia vento, colhe tempestade?


As ações dos seres humanos, refletem diretamente no cotidiano, em diversas situações de nossas vidas.A natureza está em desequilibrio, e todos os dias, chegam notícias dos fenômenos naturais que acontecem em diversas parte do País, principalmente nas área urbanas, ocasionando destruição e mortes.


Sabemos que o Progresso , a industrialização e a tecnologia, são em parte, responsáveis pelas mudanças climáticas em todo o Mundo. Todos somos responsáveis, por causa disso, precisamos "praticar" diariamente, ações ecologicamente corretas, renovando hábitos e atitudes em relação ao meio ambiente.


São pequenas ações que refletem no Todo. 


Parece que não, mas se cada um fizer a sua parte, podemos melhorar a situação, que se agrava a cada estação do ano, e está tirando do Planeta muitas e muitas vidas.


O sonho de um Planeta Ecologicamente Sustentável, começa com pequenas ações, desde a reciclagem dentro do Lar, dos cuidados com o lixo orgânico, da economia de energia elétrica, da economia de água, do consumo de materiais recicláveis até a não utilização de produtos que danifiquem o meio ambiente, principalmente depois de descartáveis.


A Sociedade está caminhando nesse sentido, hoje, são muitos os grupos que trabalham intensamente por um mundo melhor, uma sociedade mais responsável.


Analisando esse tema em relação a vida pessoal, quantas tempestades já enfrentamos?


Será que em muitas delas também não somos responsáveis? 
Já provocamos situações difíceis quando deixamos de reciclar nossos pensamentos e atitudes?


Passamos o tempo todo querendo viver o período de "verão" , esquecendo que as chuvas e trovoadas, fazem parte de nossas vidas.


O que acontece quando nos apegamos à pessoas e situações, e elas saem de nossas vidas, ficamos com a sensação de que o mundo desabou?


Quem está preparado para uma doença, a perda de um ente querido, o desemprego, as adversidades da vida?


Alguns dizem que tudo passa, que depois da tempestade, vem a bonança, esse é mais um ditado popular cheio de sabedoria.


E a bonança, a calmaria é uma trégua após a dor e a aflição?


Na verdade, após longos períodos enfrentando as dificuldades, nos sentimos mais fortalecidos diante dos desafios.Nos sentimos mais preparados e não reclamamos tanto da vida , sabemos que nesses momentos ela quer nos ensinar alguma coisa.


Quando aprendemos a lidar com a nossa dor, descobrimos que os outros também sofrem, saímos de nós e  conseguimos enxergar que outras pessoas passam pela mesma situação. Quantos casos de mães e pais que perderam seus filhos para a violência, para os vícios, para o crime e criaram Ong's que auxiliam outros a encontrarem apoio para a sua dor, eles acabam servindo de exemplo .



E com o passar do tempo, as tempestades que antes chegavam com força total, e nos deixavam fragilizados,começam a perder força diante da nossa resistência moral  e interior. Essas tempestades são incapazes de abalar nossas crenças e a nossa Fé em Deus, que é a Inteligência Suprema Causa Primária de Todas as Coisas e criou as Leis Naturais que regem todo o Universo.


Não estamos aqui para sofrer e uns não são melhores do que outros, só estamos em estágios diferentes de aprendizado. A Terra é uma grande Universidade de Espíritos, somos todos aprendizes da vida, e tudo o que colhemos hoje, plantamos no passado, em outras existências.


Para compreender melhor esse assunto, recomendo a leitura do livro " O que é o Espiritismo" e o " Livro dos Espíritos" de Allan Kardec, bem como toda a sua Obra.


A única certeza que temos,é que acima das tempestades, existe um Sol a iluminar nossos caminhos, esperando o momento certo , de olharmos para ele  e reconhecer que ele nunca deixou de brilhar para nós.


Muita Paz!

2 comentários:

Marcinha disse...

Parabéééééééééns Magá !!! ta lindo amei !!! show !! arrasou !!!

Marcinha disse...

Ai. dá até medo só de pensar ...